Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]



CONTAGIANTE

24.03.18

Hotel Insomnia

    Charles Simic

 

A cadela, com a demência despertada,

não pára. Vadia da sala para o corredor

e do corredor para a cozinha, antes de

voltar para o cesto, sem se deitar.

 

Ao fugir da cama às quatro de manhã

peguei-lhe a insónia. Os pensamentos

não me paravam na almofada, cirandando

por uma vida vagamente a minha.

 

Bocejo na recepção do Hotel Insomnia,

cujo gerente é sérvio mas fluente em inglês.

Antes de voltar para o quarto, peço mais

poemas e melatonina para a cadela.

Autoria e outros dados (tags, etc)



foto do autor


Pesquisar no Blog

  1. 2018
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D