Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]



PERDIDO E ACHADO

24.03.18

Após trinta horas e quatro voos,

mais do que o outro lado do mundo

alcança-se o outro lado da mente.

 

Mais oh! menos oh! novos ex-libris

debotam e apanham pó nas prateleiras

da memória, mal as retinas

regressam às rotinas.

 

Menos previsível é o prazer de

aterrar num presente sem passado

e não me encontrar no tapete.

 

O meu sorriso aliviou o peso

da Aussie dos Perdidos e Achados.

Sempre me pareceu esse o charme de viajar:

poder viver um pouco sem bagagem.

Autoria e outros dados (tags, etc)



foto do autor


Pesquisar no Blog

  1. 2018
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D