Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]



UPPSALA

24.03.18

À saída do hotellet o sol sueco hesita,

a neve rosna, os graus negativos mordem.

No ar matinal de Janeiro, a curiosidade

floresce que nem uma campainha-branca.

 

No quintal vizinho a Associação de Estudantes

organizou uma aula de aeróbica à anos vinte:

eles de casaca, elas de saltos altos e decotadas.

Entre o step e o body pump, há chá a fumegar.

 

Caminhando pelo plateau da cidade

de Bergman, recordo uma piscina déco

em Amsterdam: vestidos a rigor, nadávamos

e dançávamos quais pinguins pela noite fora.

 

À vista da Faculdade de Ciências, faz-se luz

no lusco-fusco e o dia desliga a máquina do tempo.

Resta um campo branco com pegadas brancas

até chegar. É melhor recapitular ao que vim.

Autoria e outros dados (tags, etc)



foto do autor


Pesquisar no Blog

  1. 2018
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D